Raça: Lhasa Apso

  • Outros Nomes: Lhasa
  • Origem: China
  • Tamanho: Pequeno
  • Altura: Fêmea: 20-28 cm | Macho: 20-28 cm
  • Peso: Macho: 4-7.25 kg | Fêmea: 4-7.25 kg
  • Longevidade: 10-15 anos
  • Preço dos filhotes: R$ 1.000,00 a R$ 3.500,00
  • Temperamento: Amigável, Ativo, Brincalhão/Animado, Corajoso, Independente, Inteligente
  • Cor: Branco, Preto, Marrom, Azul, Dourado, Tigrado
  • Pelagem: Longa
  • Hipoalergênico: Sim

Bom para apartamento:

Bom com crianças:

Bom com idosos:

Amizade com gatos:

Amizade com cachorros:

Barulhento:

Treinabilidade:

Inteligência:

Popularidade:

Adaptabilidade:

De guarda:

De pastoreio:

Sobre a raça

Seu nome ‘Lhasa Apso’ significa ‘cão tibetano de cabelos compridos’, um cão criado para ser companheiro de monges e vivia em mosteiros budistas ao lado deles. A ideia era que eles alertassem os monges (como um alarme) caso qualquer estranho se aproximasse.
Donos de uma grande intuição e ouvidos apuradíssimos, os cães Lhasa Apso são capazes de perceber barulhos a longa distância.

História

Acredita-se que o Lhasa Apso é uma das 14 raças mais antigas do mundo. Alguns especialistas afirmam que a raça vem desde 800aC, quando foi desenvolvida a partir do Terrier Tibetano e o Spaniel Tibetano. Durante séculos, o cão foi criado exclusivamente no Tibete. Devido a natureza remota do Tibete e como os cães eram reverenciados pelos monges, o Lhasa Apso não se tornou muito conhecido ate há relativamente pouco tempo.
Raramente o Lhasa Apso era autorizado a deixar sua terra natal e os poucos que conseguiam, a maioria eram machos. Desta forma, a reprodução das espécies permaneceu no controle dos tibetanos.
Isso ocorre principalmente porque o estilo de vida budista valoriza todos os seres vivos, com a crença de que as almas das pessoas falecidas poderiam entrar nos corpos destes pequenos cães. Como tal, a negociação deles era estritamente proibida.

Corpo

Este cão de porte pequeno tem uma incrível pelagem longa. A pelagem é grossa, pesada e reta, vinda em uma variedade de cores: preto, ouro, creme, branco, fígado e vermelho. O nariz é normalmente preto, fígado e vermelho. O pêlo comprido cobre o corpo todo. As patas do Lhasa Apso são conhecidas como de ‘gato’, sendo arredondadas, macias e delicadas.

Saúde e cuidados específicos

Eles são conhecidos por sofrerem de alguns problemas de saúde, principalmente em relação aos seus olhos proeminentes. Olho seco é rotineiramente visto nesta raça, que é causado quando os olhos não produzem lágrimas suficientes para ficarem úmidos. Podem ficar também com problemas de glândulas e inflamação nos olhos. A pelagem deste cão precisa de cuidados regulares diários. Vale a pena investir em atenção profissional com relação a preparação deste cão. O dono também precisa dar uma atenção especial aos seus olhos. Exercícios são necessários e uma caminhada diária é suficiente. Este é um cão que gosta de conforto e aprecia uma boa caminha.

Anúncios da mesma raça